Loading...

Tradutor

Acerca de mim

A minha foto
Eu sou sol de primavera Sou haste dum casto lirío Sou flor bela Sou fio de ouro em mil divinos raios luminosos. Sou a fada de Vênus... Aquela que passa e te leva a alma e o sentindo Sou doce brisa... perfume...Leve... De amor...sou gota suave Sou borboleta cor-de- rosa sobre a neve estendida Sou a princesa dos meus contos.... Sou flor-de-lis luisa a poetisa. Sou anjo criança mãos de jasmim Sou a fada de Vênus.... deusa das flores Tenho todos os meus amores cativos num meu jardim Pois as asas de Eros nasceram para abraçar a mim...! Poema Luisa Drummond

MEU BLOG DE ARTES

MEU BLOG DE ARTES
ACESSE

Número total de visualizações de página

Corretor ortografico

domingo, 6 de março de 2011

O filho do ar e de Vénus








O filho do ar e de Vénus

Flores pintadas no fino lençol,
Teu corpo, tua cor tão carnal,
Luz dourada sobre o mar quente!
Mulato nascido numa tarde de sol...
Paixão e desejo misturam-se,
Com Aroma de rosas vermelhas
Aguas de outubro,
Filho do ar e de Vénus.
Olhos de pássaros e estrelas,
Alma feita de luz e trevas...
Boca de beijos e delicias,
De pecados e mentiras!..
Filho do ar de Vénus e flor!
Cravo pequeno e noturno,
o teu corpo mulato,
Molhado de amor,
Nas aguas de outubro.

Poema Luísa Drummond
Fevereiro de 2011